18/01/2017

Lula condenado daqui a poucas semanas

O STF deve homologar o acordo de Marcelo Odebrecht com a Lava Jato nos próximos dias.

Em seu depoimento, ele contou que usou o dinheiro roubado da Petrobras para comprar o terreno do Instituto Lula e a cobertura do ex-presidente em São Bernardo do Campo.

Esse depoimento será imediatamente anexado ao processo contra Lula.

Ainda em janeiro, portanto, o juiz Sergio Moro terá todos os elementos para julgar o recebimento de propina e a lavagem de dinheiro por parte de Lula.

O comandante máximo da ORCRIM será condenado antes do que se imagina.


24/12/2016

Flagrante homem dorme pelado dentro do carro no centro em Curitiba

O sol já estava alto na manhã deste sábado (24) quando a Polícia Militar foi acionada para atender a denúncia de que um homem dormia sem roupas dentro de um carro estacionado na rua Vicente Machado, no Centro de Curitiba.

O denunciado só acordou com o barulho da sirene da viatura policial. Assustado, ele demorou a deixar o veículo porque ainda colocava as roupas.

Ainda não se sabe se foi o calor, que finalmente resolveu chegar à capital paranaense, que fez o rapaz de 31 anos dormir na rua sem as calças e as roupas íntimas, mas ao que tudo indica a causa do ato obsceno teria sido umas doses a mais de álcool, pois a polícia fez buscas no veículo e encontrou garrafas de cerveja vazias no banco de trás.

Nenhuma irregularidade foi encontrada nos documentos do carro com placas de Curitiba. Após se vestir e conversar com os policiais, o homem foi encaminhado à delegacia para assinar um termo circunstanciado.

23/12/2016

O maior traficante de influência da História

A planilha “Amigo” chegou à Folha de S. Paulo.

Mas chegou da maneira errada.

Ao contrário do que diz a reportagem, a Odebrecht não pretendia “manter a influência” de Lula, e sim comprar o tráfico de influência praticado por Lula.

Os pagamentos eram feitos pelo departamento de propinas da empresa porque recompensavam atos criminosos do “Amigo”, tanto no Brasil quanto no exterior.

Pior ainda: a conta não era “financiada pelo Setor de Operações Estruturadas” – ela era financiada com dinheiro roubado da Petrobras e lavada pelo Setor de Operações Estruturadas.

Lula recebeu dinheiro sujo da Odebrecht.

A acusação mais grave contra ele, porém, é outra. Ele montou junto com a Odebrecht e as demais empreiteiras do cartel “o maior esquema de suborno da História”.

18/12/2016

Até quando este verme vagabundo vai ficar difamado as autoridades séria deste país.

Não quero e não vou tomar posse da verdade, mas colocado como está por esse verme, leva as pessoas a pesarem que:

Ou o Lula é inocente como diz ou o Ministério Público do Paraná, a Força Tarefa e o Juiz Sergio Moro são covardes!!!

Não há como aceitar que um pilantra, vagabundo, corrupto, saia garganteando e ofendo autoridades do porte do Juiz Moro e dos promotores que formam a Força Tarefa da Lava Jato.

Não há desacato? Abuso? Se, Lula é acusado e indiciado como que, agindo dessa forma, não esta colocando em risco as investigações?
Juiz Sergio Moro, onde esta a caneta para assinar o auto de prisão desse verme?

A Força Tarefa e o Juiz Sergio Moro não tem que provar nada a quem quer que seja, mas permitir tamanho desacato e provocação, sinceramente me decepciona.

Repito: ou Prendem esse verme já ou a inercia me conduz a dar uma chance a que Lula possa estar discursando uma verdade, posto que, por muito menos, mas muito menos mesmo, outros indiciados foram presos.

Falta coragem ou falta acusação verdadeira que possa levar  Lula a ser culpado de fato?

CADEIA JÁ, EM NOME DA AUTORIDADE E DO RESPEITO. MAS JÁ É AGORA, NÃO É DEPOIS....ESSE VERME NÃO PODE SAIR FALANDO ASSIM...

14/12/2016

Denúncia contra Renan é devolvida à PGR

Teori Zavascki deu mais uma mão a Renan Calheiros: ele devolveu a Rodrigo Janot a denúncia apresentada na segunda-feira.

Em 24 de outubro, Rodrigo Janot havia pedido a Teori Zavascki que prorrogasse o prazo das investigações por mais 60 dias para o cumprimento de diligências da PF, mas a PGR acabou denunciando Renan Calheiros antes que o trabalho policial fosse concluído.

A PGR e o STF não vão condenar ninguém.

07/12/2016

O STF de Sérgio Moro


Ao receber o prêmio Brasileiro do Ano da Justiça, da IstoÉ, Sérgio Moro disse o seguinte, em seu discurso de agradecimento, acerca do STF — a mesma corte que deve manter na chefia do Senado um presidente refratário à lei:

"Recebo esse prêmio não como reconhecimento pessoal. Entendo como um reconhecimento a um trabalho institucional. E o dedico a todos os magistrados, de todas as instâncias, em especial o STF, que tem feito um trabalho muito significativo e demonstrado que o cidadão pode confiar na Justiça brasileira."

O STF está colocando a confiança do cidadão à prova.

05/12/2016

Cármen Lúcia: "Ou a democracia ou a guerra"


Cármen Lúcia, presidente no STF, há pouco, durante a abertura do 10º Encontro Nacional do Poder Judiciário, em Brasília:

“Há uma enorme intolerância com a falta de eficiência do Poder Público que nos leva a pensar como é que temos de agir para que a sociedade não desacredite no Estado, uma vez que o Estado democrático previsto constitucionalmente parece ser até aqui a nossa única opção. Ou a democracia ou a guerra. E o papel da Justiça é exatamente pacificar."

E mais:

"“Ou a sociedade acredita numa ideia de Justiça que vai ser atendida por uma estrutura estatal e partimos para um marco civilizatório específico ou a sociedade deixa de acreditar nas instituições e por isso mesmo opta pela vingança. Nós não esperamos que a sociedade em algum momento precise desacreditar, a tal ponto que resolva fazer justiça pelas próprias mãos, que nada mais é que exercer a vingança, que é a negativa da civilização.”

  

30/11/2016

Lava Jato Arrasada


O triunfo da ORCRIM foi bem resumido em reportagem de O Globo:

"O plenário da Câmara desfigurou completamente o relatório de medidas de combate à corrupção e tirou do texto pontos-chave como a criminalização do enriquecimento ilícito, a criação do figura do 'reportante do bem' - que recebe recompensa por denunciar ilegalidades -, o aumento do prazo de prescrição dos crimes e passar a contá-lo a partir do oferecimento da denúncia e não do seu recebimento, excluiu o acordo penal - onde a sanção possa ser negociada e aceita pelo autor do crime - e tira todas as regras sobre celebração de acordo leniência. Os parlamentares ainda incluíram no projeto a tipificação do crime de abuso de autoridade para magistrados e integrantes do Ministério Público.

Das dez medidas originais apresentadas pelo Ministério Público, autor do pacote, duas permaneceram integralmente - criminalização do caixa dois e o artigo que exige que os tribunais de Justiça e o Ministério Público divulguem informações sobre tempo de tramitação de processos e que se identifiquem as razões da demora de julgá-los".

28/11/2016

Lula é o próximo "João Cabra"

Sérgio Cabral comprava jóias com dinheiro vivo.

Os laranjas de Lula compravam cozinhas e terrenos com dinheiro vivo.

A mesma PF que desvendou o esquema de “João Cabra” e “Lourdinha” na joalheria Antonio Bernardo, desvendou também o esquema do “Amigo” na Odebrecht e a fortuna acumulada por Lulinha e seu operador Jonas Suassuna, cujas empresas, como mostrou O Antagonista, faturaram 350 milhões de reais.

Quando o caso de Lula for detonado, vai acontecer com ele exatamente o que está acontecendo com Sérgio Cabral.

A ruína será completa.

25/11/2016

Temer tem que ser afastado


O Globo diz:

“Para defender o governo neste momento em que o Congresso precisa aprovar um estratégico ajuste na economia, Temer tem de afastar Geddel”.

Mas é o exatamente contrário.

Neste momento em que o governo precisa aprovar um estratégico ajuste na economia, Temer se dedica a facilitar os abusos imobiliários de Geddel e a aprovar no Congresso um pacote de leis contra a Lava Jato.

Temer tem de ser afastado. Só assim poderemos ajustar a economia.